BRUNA
MIRANDA
Foto por Solange Bechara
Bruna veste Gioconda Clothing: “O futuro será pequeno, slow e local”

LinkedinTwitter

instagram-bruna

Mineira de Ipatinga, morei em Ouro Branco até os 17 anos e me mudei para Belo Horizonte para estudar jornalismo. Comecei a empreender em 2008 e, desde então, alio minha formação ao universo empresarial e criativo. Acumulei experiências nas áreas da comunicação, moda, entretenimento e gastronomia ao ser sócia um clube focado em festas de rock, pop e música eletrônica e uma drinkeria – onde atuei nas áreas da comunicação, RP e marketing – além de ter criado em 2009 o blog Ameixa Japonesa, onde atuei com jornalismo e marketing de moda e estilo de vida, conectada à Editora Abril. Mesmo sendo uma fase de experiências memoráveis e muitos ensinamentos, não me sentia inteiramente realizada. Hoje vejo que foi, principalmente, pelos excessos e pela falta de sintonia com relação aos valores da área, além de ter coincidido com um período de muitos questionamentos internos e outras complicações profissionais relacionadas à ética. Em 2012, realizei um período sabático de seis meses em Paris, França, que foi o passo inicial para que eu reavaliasse meus caminhos e fosse em direção a uma vida – pessoal e profissional – mais equilibrada, em uma busca constante por mais leveza, propósitos, sustentabilidade, pelo despertar da consciência e do amor.

Ao voltar para o Brasil, doei 80% de meus pertences e venho a cada dia, desde 2013, me inspirando, vivenciando e aprendendo sobre um jeito mais consciente e significativo de se viver. Nesse mesmo ano idealizei o Review Slow Living, plataforma de conteúdo e serviços e, em 2015, lançamos a revista impressa Guia Slow Living, que atualmente se encontra em sua edição Dois. O objetivo é estimular novos olhares para novos caminhos em nossos hábitos de vida e de consumo, de uma maneira leve, agradável, informativa e em harmonia com a natureza.

O slow living baseado em nosso manifesto – Equilíbrio, Escolhas Conscientes, Evoluir – se tornou minha grande motivação, além do veganismo, escolha que adotei em 2016 e que considero uma das melhores de minha vida. Sinto como meu propósito vivenciar e aprender cada vez mais sobre os temas que abordamos aqui no Review – tanto pelo manifesto quanto pelos símbolos – e compartilha-los através da comunicação e de ações e inspirações diversas. Para que possamos, juntos, fortalecer esses incentivos e multiplicar seus benefícios, tanto para cada pessoa e empresa quanto para o coletivo.

Trabalhei com a comunicação do Fashion Revolution Brasil do início de sua atuação no país, em 2014, até 2016. Atualmente sou colaboradora e faço parte do conselho consultivo da ONG. Também atuo como escritora e palestrante e realizo a curadoria de marcas e iniciativas que se alinham às propostas que compartilhamos. E com muita satisfação, estou escrevendo meu primeiro livro, com base nessas temáticas.

Obrigada pela visita e sinta-se à vontade por aqui! Caso sinta uma sintonia comigo e com o meu trabalho, será um prazer receber seu contato. Espero que possamos nos unir nessa busca por uma vida mais significativa, consciente e conectada.

Meus textos

Da noite e moda ao slow living. Um caminho a seu tempo…

Sobre cabides, memórias e reflexões