Guia Slow Online | Beleza | Labot

Por Bruna e Ismael

Publicado em , , , | Tags : , , , , , , , , , , , ,

O Guia Slow Online é uma sessão do Review onde destacamos, em nossas redes sociais e aqui no site, as iniciativas, produtos, serviços e experiências que fazem diferente, que evoluem, que se sintonizam com os nossos símbolos e com o bem viver. Escolhas conscientes e agradáveis que conhecemos de perto, na prática!

Continuando o “Especial Bio Brazil Fair” e em total sintonia com esse frio maravilhoso, apresentamos o lip butter da Labot Green Cosmetics, marca que já conhecia pelo instagram e que, na feira, conhecemos pessoalmente sua fundadora, a Raquel Boteon, em um encontro desses “ao acaso” e que rendeu ótimas trocas.

Seu lip butter faz parte da linha LipX, que elabora produtos específicos de cuidado labial. Desde a seleção criteriosa das matérias primas vegetais, o cuidado em saber sua origem, o modo de extração e seus benefícios, em conjunto possibilitam aproveitar o melhor o que os ingredientes naturais podem oferecer – daí o fato de apresentarem um resultado real, que é uma das principais buscas da Labot.

Certificado pela Sociedade Vegetariana Brasileira como um produto vegano, é rico em antioxidantes naturais, óleo de girassol e argan – ricos em vitamina E natural, protegem contra as agressões do clima. Trazem também óleo essencial de laranja doce, que refresca e eleva o humor, e manteiga de illipê e manga, muito hidratantes, que favorecem a reparação da pele ressecada e mantêm a hidratação. Já a cera de carnaúba e os derivados da oliva e karité ajudam a dar a textura ideal em qualquer estação do ano.

Ele realmente hidrata bem e tem uma textura bem sequinha, nada oleosa! E um cuidado que também adorei é que o papel usado em suas embalagens são certificados com o selo FSC (o mesmo dos nossos guias slow). São testados dermatologicamente e, claro, não são testados em animais.

SIM: Ingredientes naturais e certificados

NÃO: Cera de abelha, óleo mineral, vaselina, silicones, parabenos, propileno glicol, etanolaminas, corante sintético, ftalatos.

 

A história da Labot

A Raquel estudou farmácia – bioquímica e especializou-se em cosmetologia, muito inspirada pela tradição familiar na agricultura de citrus e pela paixão por cosméticos e pessoas. Com o conhecimento que adquiriu ao longo dos anos em seu trabalho com médicos e pacientes, começou a produzir os “cosméticos verdes”.

Em julho de 2013 fundou a Labot, com o objetivo de desenvolver produtos dermocosméticos naturais, seguros e eficazes, utilizando ingredientes ativos vegetais e alta tecnologia, compatíveis com a pele e com o meio ambiente. Sempre com o primordial: que sejam livres de crueldade, não testados em animais, veganos.

Compartilhe esta história

Sobre Bruna e Ismael

Na estrada para inspirar e compartilhar mais equilíbrio e escolhas conscientes, desaceleradas e significativas. De vida, consumo, trabalho e viagens. Seus benefícios e transformações pro mundo, pra nós mesmos e ...

Publicações Relacionadas