O slow living para inspirar, incentivar e transformar

Por Bruna Miranda

Publicado em , , | Tags : , , , , , , , , ,

Quando falamos sobre slow living aqui no Review, temos um tema amplo que engloba vários incentivos para mudanças positivas. [(Re)veja as principais aqui nos nossos símbolos]. Longe de querer ditar o que precisa ou não ser feito, longe de buscar radicalismos, acreditamos na sintonia de cada um em perceber, a seu tempo, o que pode ser melhor para si e para o espaço onde vive. Fazer a diferença em sua vida ao mesmo tempo em que se aprimora para fazer a diferença em sua casa, bairro, cidade, planeta.

Com as mudanças tão rápidas e profundas que o mundo viveu em tão pouco tempo, é normal que tenhamos nos perdido ao longo desse processo. As mudanças continuam, claro, mas agora que em um caminho inverso do que não deu certo. Sabemos que estamos inseridos em uma sociedade que prega por valores invertidos – por status, lucro a todo custo, exibição, competição, separação – enquanto nos distanciamos cada vez mais de nós mesmos e da união com os outros e do respeito genuíno aos seres que co-habitam esse espaço natural e sintonizado conosco, que nos proporciona tudo o que precisamos mas continua sendo destruído em prol do “crescimento, desenvolvimento”. Tornou-se normal tanta coisa que deveria ser inaceitável… ninguém ou nenhum ser deveria sofrer para que possamos ter e acumular mais e mais coisas (grande parte sem nem nos apresentar tanta necessidade ou empolgação pós compra, todos sabemos!) e para que possamos continuar com prazeres efêmeros não mais importantes do que a própria vida e o cuidado com o nosso entorno e com a gente mesmo. Cada pouco que podemos fazer, juntos, conta e muito.

O que importa é que seguimos cada dia mais realizados nesse caminho inverso, que entende que a falta de conexão interna nos impede de colocar em prática, de maneira verdadeira, o sentimento do “nós”, que é a nossa essência. A sensação de pertencimento a algo maior – que nem podemos explicar a fundo – mas que podemos sentir muito bem. Honestidade, transparência, cuidado. Um constante buscar: aprimorar-se a cada dia e oferecer o seu melhor. Cuidar de si e do mundo. Desligar o botão do automático e da pressa e reacender a luz da atenção, da consciência. Sem sofrer ou abrir mão de prazeres, imagina! Eles só crescem a cada degrau em que expandimos. Como a luz que amorna a nossa alma ao nos conhecermos melhor e compreendermos cada sofrimento desnecessário, mas também cada escolha consciente, que está cada dia mais facilmente ao nosso alcance. Experimente livrar-se do peso dos excessos e se aproximar do que é mais simples e mais sincero, mais afetuoso. A vida também nos oferece excelentes hábitos! Mesmo sem a busca por uma recompensa específica, elas chegam e, mesmo que não muito bem compreendidas em um primeiro momento (afinal, são anos e anos inseridos no que o senso comum e a publicidade nos empurraram como bonito, certo e normal) a cada nova compreensão nos fortalecemos e nos libertamos. E nos encontramos com pessoas “no mesmo barco”, cada uma com sua história e sua vivência a nos inspirar. Nos sentimos mais em casa e com o senso de propósito que vai muito além do que simplesmente viver para trabalhar, comprar e repetir a dose a cada segunda-feira já ansiosa pela sexta. Nada contra o trabalho e as compras, claro, mas não nascemos para essa bolha sem fim. São parte importante de nossas vidas e também podem e devem ser aprimorados. Sintetizando, temos em mãos uma soma tão benéfica de pequenas atitudes que nos trazem mais equilíbrio, escolhas conscientes e evolução.

E é nessa base que atuamos aqui no Review e seguimos com nossos artigos, revistas, encontros e cursos. Além de inspirações e dicas do que vamos vivenciando, pesquisando, errando e aprendendo. Em constante transformação, já que as circunstâncias sempre mudam e nós também. Precisamos continuar a evoluir e crescer se queremos mais paz interior e alegria. Todo mundo fica bem com uma luz boa, e ela vem de dentro!

Foto do topo por Silvia Vasconcellos

Compartilhe esta história

Sobre Bruna Miranda

Jornalista e escritora, se inspira na busca por um viver mais consciente e significativo e é idealizadora do Review e da revista Guia Slow Living. Percebe o slow como ...

Publicações Relacionadas