Entendendo a mudança, reinventando-se

Por Bruna Miranda

Publicado em , , , | Tags : ,

Permita-se conhecer e participar da revolução slow. E reinvente-se! Novo texto em nossa coluna no site da Cris Guerra.

Vemos o Slow Living como uma oportunidade para esse novo momento em que vivemos.

O mundo vem se transformando e a chance é de receber essas mudanças sob novas premissas. O caminho é observar, e sem receio, tentar entendê-las primeiro para que o sentido de tudo seja descoberto e você consiga continuar construindo o seu caminho.

Empresas, marcas e nós mesmos estamos enfrentando algo a mais do que um concorrência ou uma necessária atualização. Hoje, novos formatos vem surgindo num jardim de inovações, sendo elas tecnológicas ou não. Sim, um jardim, porque são essas as flores que trazem um enfeite e um novo perfume ao mundo. Novas relações estão sendo propostas, novos produtos e serviços. É tudo rápido e algumas vezes até assustador, e por isso, em muitas das vezes, nos pegamos reagindo a uma ou outra iniciativa com insegurança.

O poder transformador está em alta e, sim, a pressão em cima de nós aumenta ainda mais. Embora possa parecer o contrário, o slow living nos ajuda a andar junto ao mundo a passos largos. Neste ritmo, fica fácil conhecer-se, observar, aprender, conectar-se, buscar, fazer, errar, acertar. Está na hora de compartilhar, pegar e fazer.

O primeiro passo? Olhar para dentro e reinventar-se, transformar-se e empoderar-se do que faz você diferente e, assim, somar-se ao mundo com um pouquinho de cada inovação que te cativa. De acordo ou não, não se proteja. Observe e some todas as mudanças a você. Viver é um aprendizado e flexibilidade para aprender é a palavra de ordem. Nunca vivemos tempos quando o espaço a todos esteve tão aberto. Hoje, cabe ser você, buscando ter maior relevância. Siga em frente. Não deixe para trás o seu compromisso com o desenvolvimento da nossa sociedade.

Ouvimos por aí que, por todas as mudanças, o mundo vem ficando chato. Chato? Os pilares não mudaram. Respeito será sempre respeito; dois sempre será mais que um; o amor ao próximo sempre foi verde, amarelo, azul, branco, preto ou rosa; responsabilidade sempre foi um compromisso com a realidade e com os sonhos de cada um; opinões são verdades contaminadas de histórias de vidas, e o veredito final sempre dependerá de histórias e provas contundentes. O sorriso sempre foi um sorriso. O mundo não está chato. Nós é que estamos aprendendo a nos movimentar diante das mudanças que vivemos – com radicalismo ou não – nesse momento de reajustes.

Readapte-se e aproveite os conceitos do slow living para viver melhor e exercitar os pré conceitos, sem fronteiras para inspirar-se e reinventar-se. Transforme.

Compartilhe esta história

Sobre Bruna Miranda

Bruna é empreendedora e jornalista, idealizadora da plataforma Review e da revista impressa Guia Slow Living, e está experimentando uma vida nômade pelo Brasil. É movida pelo que é atemporal ...

Publicações Relacionadas