ShareWear: uma coleção de roupas para pegar emprestado, gratuitamente, pelo instagram

Por Bruna Miranda

Publicado em , | Tags : , , , , , , ,

Para encorajar que o compartilhamento ocupe o lugar do descarte e inspirar um estilo mais sustentável, o Instituto VisitSueden, do departamento oficial de turismo da Suécia, lançou, como parte da iniciativa “Democreativity”, o ShareWear (algo como compartilhar-vestir), uma coleção de roupas para serem emprestadas, sem custo algum.

Foto Divulgação

Foto Divulgação

Funciona de maneira bem simples e com foco total na geração instagram: o shareware posta nessa rede social fotos das roupas de sua coleção – que reúne peças de alguns dos designers mais conceiturados de seu país, como a Filippa K, por exemplo – e as marca com a hashtag #sharewear. A primeira pessoa a comentar pode pegar a peça emprestada por uma semana. Passado esse prazo, ela posta em seu perfil pessoal uma foto dessa roupa que usou e a envia para a próxima primeira pessoa a comentar. E assim por diante! O showroom digital conta também com um mapa interativo que mostra onde e com quem a peça já esteve e onde e com quem está no momento, estabelecendo uma rede entre os participantes.

Além dessa proposta oferecida por eles, qualquer um pode compartilhar o seu armário seguindo a mesma linha: tirar uma foto de sua peça a ser emprestada, postar no instagram e marcar com a mesma hashtag, #sharewear, para contribuir com o movimento.

Foto Divulgação

Foto Divulgação

Sofia Kinberg, diretora de marketing global do VisitSueden, diz: “Todos os anos, milhões de toneladas de têxteis são descartadas em todo o mundo, mesmo que a maior parte disso possa ser reciclada, doada ou ressignificada. A coleção sharewear quer aumentar a conscientização na indústria sobre esse tema e, ao mesmo tempo, oferecer uma solução alternativa”.

Inspirações da moda consciente e da economia compartilhada que podem e devem percorrer o mundo!

Compartilhe esta história

Sobre Bruna Miranda

Bruna é empreendedora e jornalista, idealizadora da plataforma Review e da revista impressa Guia Slow Living, e está experimentando uma vida nômade pelo Brasil. É movida pelo que é atemporal ...

Publicações Relacionadas