Slow Hunting, o início | 1

Por Julia Abrahão

Publicado em , , , , , , , , | Tags : , , ,

Começou com muita leveza e vimos que sairia bastante coisa bacana daí. A Julia Abrahão, ao entrar na equipe do Review, virou a nossa “Slow Hunter”, por seu interesse e “faro” para pesquisas relevantes sobre assuntos do Brasil e de fora relacionados ao slow living, estilo e consumo conscientes, inovações. Toda semana, vamos reunir em um post algumas dicas dela.

Assim como o cool hunter “caça” o que está prestes a virar uma febre, a gente torce para que histórias como as compartilhadas pela Julia também inspirem – e se propaguem – para fortalecer a cultura slow pelo mundo e incentivar mudanças.

Plataforma de ajuda para iniciantes nas pedaladas.

De acordo com o PETA, 80% dos designers da London Fashion Week não usou peles verdadeiras nas coleções Outono/Inverno 2015. (Inglês)

FashionUnitedUK

– Lixo reciclável gera desconto na conta de luz em Niterói.

 Colaboração entre dois projetos de moda consciente planeja ações durante uma semana de moda para destacar a transparência na cadeia de produção. (Inglês)

– “Eu sou uma Millennial que terminou sua relação com o fast fashion“. (Inglês)

Sustentabilidade não é o que sua marca diz. É o que ela faz. (Inglês)

Vídeo do Sebrae sobre sustentabilidade e consumo consciente voltado para empresas.

Bem vindo à República do Bem Estar. (Inglês)

Foto do topo: Pinterest

Compartilhe esta história

Sobre Julia Abrahão

Observadora, coolhunter e diretora de inovação na Vytre. Aqui, como slowhunter, a intenção é desacelerar, aprender e reaprender, sem deixar de ser cool.

Publicações Relacionadas