Redescobrir, rever, renovar

Por Bruna e Ismael

Publicado em , , | Tags : , , , , , , , , , , ,

Um novo olhar para o que já temos e vivemos pode mudar tudo. Novo texto em nossa coluna no Hoje Vou Assim por Cris Guerra.

Das janelas antigas de vidro, nascem terrários e cachepots para plantas e flores. Desse achado em nossas pesquisas de reutilizações lindas mundo afora, descobrimos um artista de upcycling*. Em seu inovador trabalho na área da decoração, em algum sentido ele nos tocou e inspirou muito. E essa inspiração veio a calhar nesse momento de crises – econômica, política e civil – tanto mundial quanto nacional, em que vivemos.

A ideia é cuidar da gente. Em tempos difíceis, somos muito exigidos em nossa rotina, profissional e pessoalmente. Nossas frustrações e inseguranças vêm à tona e as insatisfações e lamúrias repetem-se. Os inevitáveis ajustes aparecem, tarefa difícil quando o abrir mão de costumes torna-se necessário. Repensar as engrenagens dá trabalho: elas, aparentemente, já estavam funcionando. Não é isso? Também sentimos assim. Bom, mas se chegamos até aqui, temos então uma grande oportunidade! Sim, o repensar nos traz possibilidades de questionamentos, novas alternativas de renovação e, assim, a inovação. Pontos de onde recomeçaremos essa coluna.

A utilização do que já trazemos com a gente, nossos conhecimentos e seu compartilhamento e, ainda, o desenvolvimento de novos, estão aqui, batendo à nossa porta. A idéia agora é buscarmos caminhos mais consistentes e ligados à verdade, em nossa rotina. Dar-nos novos alcances diariamente. A oportunidade é olhar para dentro de si e atender a quem está batendo. Passar o dia em sua casa; recriar seus espaços; enfeitá-los à sua maneira; compartilhá-los com sua família, amigos e os amigos dos seus amigos; cozinhar; descobrir que as flores e frutas da sua região são muito mais frescas e saborosas do que as de outro continente; achar-se na sua cidade, sua praça; o museu gratuito onde estão novos artistas que você poderá gostar; programar-se para alternativas de locomoção. Tudo à sua maneira, porque hoje temos a total oportunidade de sermos quem somos e isso pode ser libertador.

Das janelas antigas, pedacinhos de vidro que não são entendidos como “cacos” após alguma ventania. São pedaços redescobertos que ganham nova função. De sua consistência, junto aos outros, constroem novas formas e estruturas, dão vida a novos objetos e propõem novas relações. Ganham um novo mundo. A redescoberta dos papéis, novas funções e o esforço para qualquer mudança é grande, mas, ter uma flor no seu ambiente, ao final, é sim inspirador!

Independente da velocidade que se faça, o slow propõe a todo tempo um novo olhar para o que já temos e o repensar. Renovar e inovar leva tempo e é desse tempo que temos que tratar. Slow a longo prazo, urgente a curto prazo. Vamos começar a trazer esse contexto para o nosso dia a dia? Enfrentar assim a questão que todos nós vivemos pode ser um caminho leve e consciente, além de um importante passo para um futuro mais próspero, com flores e terrários espalhados por aí!

*Upcycling é o processo de transformar resíduos ou produtos que iriam para o lixo em novos materiais ou produtos de maior valor, uso ou qualidade. Utiliza-os em sua forma original, ao contrário da reciclagem, que usa energia para destruir sua forma e então transformar em algo novo.

Compartilhe esta história

Sobre Bruna e Ismael

Na estrada para inspirar e compartilhar mais equilíbrio e escolhas conscientes, desaceleradas e significativas. De vida, consumo, trabalho e viagens. Seus benefícios e transformações pro mundo, pra nós mesmos e ...

Publicações Relacionadas