Agenda | I Slow Week – Moda, Ética e Sustentabilidade

Por Bruna Miranda

Publicado em , | Tags : , , ,

Um evento que vai reunir várias ações e temas relacionados ao Slow Living e já vai acontecer nessa semana aqui em BH! É a primeira edição da SLOW WEEK CRMODA (Centro de Referência da Moda) – MODA, ÉTICA E SUSTENTABILIDADE, de 18 a 23 de agosto. Na programação, palestras, exposições, ações, mesas redondas, desfiles e oficinas discutindo assuntos relevantes como consumo consciente, mão de obra escrava, reciclagem e reuso de materiais, projetos sócio-culturais sustentáveis, inclusão social, permacultura e bioconstrução, alimentos orgânicos, veganismo e vegetarianismo, customização de roupas, escambo, slow fashion, slow food, resíduos têxteis e uso de bicicletas no ambiente urbano.

Nós vamos participar com uma palestra sobre o Fashion Revolution Brasil e outra sobre o Slow Living! Acontecerá também uma nova exibição do imperdível documentário The True Cost. Muito animadas e agradecidas por mais esse convite incrível! Há alguns meses, quando começamos o contato com a Carolina Bicalho, uma das organizadoras, pelo CRModa, foi tão especial pra gente confirmar mais essa oportunidade de nos unirmos com várias pessoas e projetos com os quais nos identificamos. Além de perceber que um órgão da Prefeitura de BH começa a destacar e reconhecer a importância dessas novas possibilidades conscientes, dentro do consumo e do estilo de vida. Só temos a comemorar e apoiar essa iniciativa exemplar!

Confira a programação e informações completas abaixo e participe também! Nós com certeza vamos conferir e registrar tudo de perto. Imperdível!

Slow Wek CRModa Belo Horizonte Review Slow Lifestyle

I SLOW WEEK CRMODA
MODA, ÉTICA E SUSTENTABILIDADE
De 18 a 23 de agosto de 2015

O Centro de Referência de Moda, através da Fundação Municipal de Cultura e Prefeitura de Belo Horizonte apresenta o SLOW WEEK, a primeira edição da semana de Moda, Ética e Sustentabilidade. Uma programação extensa foi preparada com o objetivo de fomentar ações de estilistas, designers, profissionais e artistas que trabalham com propostas sustentáveis, que usam a criatividade para solucionar e transformar nosso atual cenário sócio-econômico-cultural, trazendo bem estar pessoal e também para o meio ambiente.

Palestras, exposições, ações, mesas redondas, desfiles e oficinas serão apresentadas, discutindo assuntos relevantes como consumo consciente, mão de obra escrava, reciclagem e reuso de materiais, projetos sócio-culturais sustentáveis, inclusão social, permacultura e bioconstrução, alimentos orgânicos, veganismo e vegetarianismo, custumização de roupas, escambo, slow fashion, slow food, resíduos têxteis e uso de bicicletas no ambiente urbano.

O Movimento Slow surgiu em 1986, com a criação do slow food, trazendo uma reflexão contestatória em oposição ao fast food e a americanização da Europa, ou seja, a favor da desaceleração diária e contra ao costume de fazermos mil coisas ao mesmo tempo, com pressa e as vezes inconscientemente. O Movimento Slow  ampliou seu conceito para as demais áreas, como o slow fashion, slow cities, slow travel e slow art, dentre outras. Com a intenção de combater o consumo excessivo e a ansiedade de descartar coisas apenas por pressa de substituí-las por outras (bens materiais, atividades, relacionamentos), a falta de tempo para pensar, refletir e sentir, o Slow propõe uma reflexão coletiva e global em relação às consequências do consumo, soluções sustentáveis e meio ambiente. Uma forma de repensar nosso cotidiano e ações, para nos proporcionar maior bem estar e um futuro melhor para as próximas gerações.

PROGRAMAÇÃO 

Com exceção dos workshops, todos os eventos serão gratuitos, mediante a retirada prévia de senhas que estarão disponíveis na portaria do CRModa: a partir de 13h nos dias de semana e a começando às 10h no sábado e domingo.

TERÇA-FEIRA (18/08) 

14h às 15h – Abertura da Campanha Street Store e Recebimento de DoaçõesPela terceira vez em BH e agora em uma versão “pocket”, um projeto vindo da África do Sul que tem como objetivo a arrecadação de produtos doados para moradores de rua. Os voluntários são alunos de graduação do Curso de Design de Moda da Una e alunos de Engenharia de Produção da Faculdade Kennedy (o cadastro dos alunos voluntários poderá ser feito previamente pelo email contato@modaetica.com.br). A distribuição das roupas acontecerá no domingo, dia 22 de agosto, na Praça Afonso Arinos (atrás do CRModa), de 10h às 14h.

14h às 15h – Abertura da Exposição Principal “Moda, Ética e Sustentabilidade”, no segundo salão do primeiro andar. Exposição de produtos feitos com reuso de materiais ou sustentáveis que fazem parte de coleções comerciais de marcas brasileiras (calçados, roupas, acessórios e artesanato) que se relacionam de forma legítima com as questões sociais e ambientais, escolhendo a sustentabilidade como conceito e forma de expressão.

Designers e Marcas Participantes: Osklen, Recman, Reciclo Asmare, Instituto Kairós, Ar do Brasil, A Passeio,  Nêga,  Keren Damasceno, Tun Design, Tereza Sandes, Juli Buli, Virgínia Costa, Miriam Andraus, Fabiana Guimarães,  Iáskara Isadora  e Grama (Ana Sudano e Rafael Morais).

14h às 15h – Abertura da Exposição “Resíduos Urbanos”, no segundo salão do primeiro andar, com exibição de obras do artista plástico mineiro Léo Piló.

Artista inquieto, criativo; simples, dinâmico e humano. Com toda a sua prática na criação de adereços do cotidiano, Leo Piló apresenta trabalhos inusitados, feitos de materiais não convencionais, treinando novos olhares para novas possibilidades diferenciadas de construção, a serem aplicadas na revisão de atitudes e método dos 3 Rs: Redução, Reciclagem e Reutilização. Uma tentativa constante de novas oportunidades de revisar hábitos com sustentabilidade. Sempre compartilhando as técnicas desenvolvidas através do aprendizado, das produções e da vivência, o artista procura criar um elo entre arte e natureza, promovendo recursos de reutilização de resíduos urbanos e gerando novas possibilidades inseridas na realidade atual em termos de cultura, arte educação, recursos econômicos e outros benefícios. O lixo se tornou uma especialidade para o artista, com o trabalho desenvolvido através da reciclagem e com os catadores. Leo Piló sempre tem como foco a busca da consciência ecológica e o pragmatismo do seu trabalho na sociedade.

15h às 16h – Palestra com Luiza Magalhães Oliveira: “Projeções e Percepções Sobre a Marca Osklen”. 

Luiza Oliveira, Bacharel e Mestre em Comunicação Social (PUC-MG), é docente do curso de Graduação em Moda, do curso de Pós-Graduação em Direção Criativa de Moda e coordenadora do Núcleo de Moda do Centro Universitário UNA. Atua como Produtora de Moda. Estudou Cultura Visual e Moda e Psicanálise na UFMG. Já ministrou o curso “Marcas: Desafios e Paradoxos”, no Centro de Referência da Moda e apresentou suas pesquisas no Moda Documenta e no Colóquio de Moda.

14h às 16h – Oficina de Customização de Roupas com Adilson  Battista.

Para estudantes de moda e público geral interessados pelo tema. Aula prática que tem como objetivo trabalhar as diversas formas de transformação de roupas usadas, criando um novo modelo, ou outra função. As inscrições são feitas previamente pelo email educativo.crmoda@hotmail.com. Consulte o valor da oficina.

Adilson  Battista é designer gráfico com foco em estamparia e artista plástico pela Escola Guignard. Trabalhou por 15 anos no desenvolvimento de estampas, coleções e campanhas publicitárias, como designer exclusivo da Vide Bula. Atualmente, atua como freelancer para grandes marcas em todo o Brasil.

Materiais necessários: O aluno deverá trazer camisetas, blusas e calças para customizar, tesoura para tecido, tinta para tecido (2 cores), pincéis variados, esponja de cozinha, fita crepe, tinta esmalte spray (opcional), linhas variadas, agulhas de mão para bordados, cola spray (opcional), cola para tecido, botões, fitas, enfeites em geral, caneta marcador ponta média (2mm) cor preta, stencil.

 
16h às 17h – Palestra com Nella Cerino, do Movimento Slow Food

Nella Cerino nasceu em Giffoni Valle Piana, na província de Salerno, Itália. É formada em Ciências Gastronômicas pela Universidade de Ciências Gastronômicas de Pollenzo e em Jornalismo Médico-Científicos pela Universidade Tor Vergata, em Roma, e em Técnico de Enfermagem pela Universidade Federico II, em Nápoles. Colaborou na imprensa de comunicação do Slow Food Internacional durante o Salone del Gusto 2008 e como consultora científico para o projeto de reestruturação das refeições hospitalares para Slow Food e o Ministério da Saúde. Idealizou e organizou o CineMotion, festival de cinema de autores, em colaboração com o Convívio Slow Food da Universidade de Ciências Gastronômicas em Pollenzo e da Prefeitura da cidade de Bra, no Piemonte/Itália. Desde 2008, trabalha como gastrônoma pela revista internacional digital Blossom Zine e pelo Blog L’Orto de Michelle, dos quais é, atualmente, correspondente de Minas Gerais. Mora em Belo Horizonte há 2 anos e meio, onde participa em eventos de divulgação da cultura gastronômica através do FDG – Frente da Gastronomia Mineira, o coletivo da Secretaria de Cultura do Estado de Minas Gerais e a AMiGa – Associação Mineira de Gastronomia – uma associação que promove a gastronomia e o patrimônio agroalimentar da região.

18h às 19h – Palestra “Das letras à Música, e Então à Fotografia: Diferentes Modos de Comunicação e Expressão”, no auditório, com o fotógrafo Cláudio Vieira Rocha, responsável pela exposição de abertura,  juntamente com a palestra “BH Cycle Chic” com o fotógrafo e jornalista  Gil Sotero, do Blog  BH Cycle Chic

19h às 21h – Abertura e  Vernissage da Exposição SustentaB.I.lidade, do fotógrafo Cláudio Vieira Rocha, sobre o uso de B.I.(bicicletas) no Ambiente Urbano, no Salão Principal. Tratamento: Fernanda Coronado.

HiFiPhotographia é um projeto em evolução, resultado da convergência de idéias e da união entre os fotógrafos Cláudio Vieira Rocha e Fernanda Coronado, criando um ambiente fértil para o estudo sobre a fotografia, desde sua origem até o universo digital, passando pelo registro com filme e processos químicos manuais de revelação e ampliação até a impressão Fine Art.

Cláudio Vieira Rocha, 50, é mineiro, natural de Belo Horizonte. Fotógrafo e laboratorista do projeto fotográfico HiFiPhotographia. Músico, produtor cultural, formado em Letras pela UFMG em 1987 e Mestre em Linguística em 1992, atua como tradutor e intérprete. Observador atento, a partir de 2010 percebeu que poderia registrar o mundo ao redor desenvolvendo um olhar fotográfico. Ao realizar tradução simultânea com Lance Keimig, especialista em fotografia noturna, passou a estudar os processos fotográficos profundamente, trabalhando de maneira muito próxima a nomes importantes da fotografia atual, como Greg Gibson, David Beckstead, Samo Rovan e Kevin Kubota, dentre outros. Seu trabalho autoral é voltado à fotografia de rua, registrando, especialmente, pessoas em lugares públicos e em momentos triviais ou exóticos. Possui trabalhos publicados em editoriais para revistas e reportagens e atua em cobertura de eventos.

Fernanda Coronado, 39, é fotógrafa. Atuou como fotojornalista na Empresa Folha da Manhã entre 1993 e 1999 e coordenou estúdios de fotografia publicitária. Atualmente, é sócia do HiFiPhotographia, onde estuda a fotografia em preto e branco e processos de revelação e ampliação integrados ao meio digital, tornando a fotografia acessível para fotógrafos e espectadores. Realiza o tratamento e organização do banco de imagens do fotografo Cláudio Vieira Rocha.

19h às 21h – Abertura e Vernissage da Exposição BH Cycle Chic e Biciecléticas, no Saguão da recepção primeiro andar, com exibição do longa metragem “Bikes x Cars” e a série de curtas “BH Cycle Chic“, também dirigidos por Gil Sotero, na sala de multimeios.

Gil Sotero é jornalista profissional, fotógrafo, blogueiro e cicloativista. Promove o uso da bicicleta como meio de transporte em Belo Horizonte e, há dois anos, registra o street style dos belorizontinos que utilizam as magrelas na região central da capital mineira.

19h às 20h – Palestra Instituto Kairós, Uma Experiência de Desenvolvimento Local Integrado em Nova Lima, MG”, com Rosana Bianchini, no auditório. Apresentação do Projeto “Kairós” em São Sebastião da Águas Claras (Macacos) sobre as atividades e ações do projeto em prol da  sustentabilidade e conscientização ambiental.

Fundadora e Coordenadora Geral do Instituto Kairós, Organização sem Fins Lucrativos sediada no município de Nova Lima, na localidade de São Sebastião das Águas Claras. Empreendedora Social da REDE Folha (Brasil) em parceria com a Fundação Schwuab (Suíça). Idealizadora e Coordenadora da Incubadora Social Comunidades Criativas em REDE, do Instituto Kairós. Gestora pelo Instituto Kairós da Estação Conhecimento de Brumadinho (Núcleo de Desenvolvimento Humano e Econômico), idealizada pela Fundação Vale.

20h às 21h – Palestra “Slow-Cities: Como Transformar Uma Cidade em Capital do Bem Viver, Modificando Pequenos Hábitos e a Qualidade de Vida dos Cidadãos”, com Guatasara Pousas.

Desde 1998, participa e desenvolve iniciativas culturais, sociopolíticas e ambientais. É produtor e curador de um dos maiores festivais multiculturais do Brasil, o Festival Internacional Andando de Bem com a Vida (ABCVIDA). Dirigiu a comunicação de organizações do terceiro setor, dentre elas, a 4 Cantos do Mundo e a Rede Catitu. Atualmente, é Diretor de Marketing do Centro de Desenvolvimento Humano Crepúsculo. Coordenou projetos de mobilização social e recuperação ambiental nos biomas Mata Atlântica e Cerrado. Pelo programa Figueira de Bengala, produziu vários cursos ligados à Cultura do Bem Viver, com Mestres em áreas como: Apicultura Indígena, SAFs (Sistemas Agroflorestais) com o Mestre Zé Ferreira, EFT (Acupuntura sem Agulhas) com Enéas Guerriero, Vastu Shastra (Milenar Ciência do Bem Viver) com o Instituto Pindorama. Desde 2008, desenvolve ações para valorizar o nome de sua cidade natal, Belo Horizonte, como Capital do Bem Viver, como o ABCVIDA e o Programa Figueira de Bengala, que já reconheceu mais de 30 Mestres do Bem Viver em cursos, palestras e vivências.

20h à 0h – Ponto de encontro para Happy Hour do Slow Week, no Reciclo Asmare: Rua da Bahia, 2164, Lourdes.

QUARTA-FEIRA (19/08) 

13h às 15h – Cinema: Exibição do filme “Trash: A Esperança Vem Do Lixo”,  de Stephen Daldry com Rickson Tevez e Eduardo Luis. Rio de Janeiro, Brasil.  Classificação: 12 anos. Evento gratuito, no Auditório, sujeito a lotação. Os ingressos deverão ser retirados 30 minutos antes do início da sessão.

Rio de Janeiro, Brasil. Gardo (Eduardo Luís) e Raphael (Rickson Tevez) são garotos que vivem em um lixão e sempre buscam algo valioso entre os restos despejados no local, diariamente. Um dia, Raphael encontra uma carteira com uma boa quantia em dinheiro e a divide com o amigo. Entretanto, logo surge o policial Frederico (Selton Mello), que está justamente procurando a tal carteira a mando de um candidato a prefeito, Santos (Stepan Nercessian). Os garotos não revelam que a encontraram e pedem ajuda a Rato (Gabriel Weinstein), também morador do lixão, para que possam descobrir o que ela tem de tão importante. É quando percebem que, através de uma chave, embarcarão em uma verdadeira caça ao tesouro. 

14h às 17h – Oficina  de Eco Bag com Marlon Mendes: bolsas com reaproveitamento de jeans e de lona de banners.
Marlon Mendes é técnico do laboratório de costura da Una e possui bacharelado em Moda pelo Centro Universitário UNA.
Inscrição feita previamente pelo email: educativo.crmoda@hotmail.com.

15h às 17h –  Ação Literária dos Estagiários do CRModa, com o envio de cartas para editores e autores para arrecadação de livros, dissertações e teses para o acervo da biblioteca especializada em Moda.

15h às 17h – Cinema: Exibição do Filme “Uma verdade Inconveniente” de Al Gore. Classificação Livre, no Auditório. Evento gratuito e sujeito a lotação. Os ingressos deverão ser retirados 30 minutos antes do início da sessão.

Um documentário norte americano de 2006, dirigido por Davis Guggenheim, sobre a campanha do ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore, para educar os cidadãos do mundo acerca do aquecimento global, através de uma apresentação de slides. 

17h às 19h – Cinema: Exibição do Documentário “Cowspiracy: The Sustaintability Secret”. Classificação livre, no Auditório. Evento gratuito e sujeito a lotação. Os ingressos deverão ser retirados 30 minutos antes do início da sessão.

Cowspiracy, documentário recém-lançado nos Estados Unidos, tem sido muito elogiado por grandes diretores ligados à causa animal. O filme é fruto de um ano de trabalho do cineasta Kip Andersen, que ficou intrigado com o fato de grandes ONGs ambientalistas ignorarem a causa número um da destruição do planeta. Ao ler relatórios oficiais da ONU a respeito dos impactos da pecuária sobre o meio ambiente, Andersen descobriu que ela é a principal causa da maioria dos problemas ambientais. Então, decidiu ir até as sedes das principais organizações ambientalistas do mundo para checar porque elas não falam sobre o assunto. O documentário é rico em entrevistas e dados estatísticos e traz entrevistas surpreendentes com representantes de ONGs e do governo. Cownspiracy é um filme muito corajoso e indispensável aos admiradores de ONGs como Greenpeace, WWF, Amazon Watch e outras do gênero. 

19h às 21h – Desfile “Raízes”, da estilista Iáskara Isadora, com vestidos feitos com embalagens de cimento.

A coleção Outono/Inverno 2016 de Iáskara Isadora apresenta leveza, requinte e sustentabilidade. As peças são feitas em renda de papel, derivadas da reciclagem da embalagem de cimento e fibras naturais. A coleção é inspirada nas obras do artista plástico Frans Krajcberg – ativista ambiental, que utiliza seu trabalho em defesa do meio ambiente, desenvolvendo esculturas com troncos e raízes calcinados, aliados a pigmentos minerais. As rendas da coleção trazem as formas orgânicas, assim como a cartela de cores, como o preto e o marrom avermelhado, derivados de pigmentos minerais.

Iáskara é formada em Design de Moda com formação complementar em Comunicação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Monitora no Atelier de Confecção da UFMG, é também pesquisadora, através da Iniciação Científica, do projeto “Moda e Sustentabilidade”, também da UFMG. É criadora da técnica têxtil da renda derivada da reciclagem de sacos de cimento aliado a fibras naturais. Cria roupas sustentáveis em renda de papel reciclado.

19h às 21h – Palestra: Resíduos Têxteis e Materioteca Residuais: Luciana Duarte (Moda Ética).

Luciana Duarte é brasileira, 28 anos, vive em Belo Horizonte – MG. Responsável pelo Street Store em Belo Horizonte e proprietária da empresa Moda Ética. Mestra em Engenharia de Produção (UFMG) e bacharel em Design de Produto (UEMG), com diversos cursos em Moda. Pesquisa Moda Ética desde 2007. Presta consultoria para empresas, com projetos de Design e Engenharia. Leciona “Planejamento e Projeto do Produto”, “Processo de Desenvolvimento de Produtos”, “Ergonomia, Saúde e Segurança do Trabalho” e “Projeto de Fábrica e Instalações Industriais” na graduação em Engenharia de Produção da Faculdades Kennedy. Peace Coach da ONG tailandesa Peace Revolution. Palestrou sobre “Design, Estratégia e Sustentabilidade” no Junior Enterprise World Conference (maior evento das empresas juniores do mundo) e Escola de Arquitetura da UFMG. Faz pesquisa e desenvolvimento de materiais  como coral à base de pó de osso bovino e desenvolvimento de material com resíduos têxteis no Depto. de Química (UFMG).

20h à 0h – Ponto de encontro para Happy Hour do Slow Week. Reciclo Asmare: Rua da Bahia, 2164, Lourdes.

QUINTA-FEIRA (20/08)

09h – Exposição dos Vestidos Apresentados no Desfile “Raízes”, da Estilista Mineira Iáskara Isadora, Feitos com Embalagens de Cimento.

14h  às 19h – Workshop ministrado pelo Coletivo Vestíveis Urbanos (pesquisas em tramas e intervenções urbanas), com ação para vestir uma bicicleta ao final da oficina. Na Sala de Multimeios, com inscrições feitas previamente pelo email: educativo.crmoda@hotmail.com. Consulte os valores da oficina.

14h às 16h – Cinema: Exibição do Filme “The true Cost” (“O Custo Real”) em parceria com o Movimento Fashion Revolution. Classificação Livre, no Auditório. Evento gratuito sujeito a lotação. Os ingressos deverão ser retirados 30 minutos antes do início da sessão.

O filme é uma história sobre as roupas. É sobre as roupas que vestimos, as pessoas que as fazem e o impacto que a indústria da moda está causando em nosso mundo. O preço do vestuário vem diminuindo ao longo de décadas, enquanto os custos humanos e ambientais têm crescido dramaticamente. The True Cost é um documentário inovador que puxa a cortina sobre a história não contada e nos pede para considerar: quem realmente paga o preço por nossas roupas?. 
O diretor americano Andrew Morgan visitou vários países, conhecidos mundialmente por serem grandes produtores de roupas para grandes redes varejistas, como Bangladesh, Índia e Camboja, trafegou entre os piores e mais horríveis lugares e trouxe também ao foco as passarelas glamourosas. Entrevistas com pessoas que estão liderando o movimento da moda consciente, como a estilista Stella McCartney, Livia Firth e Vandava Shiva, também fazem parte do documentário, que escolheu não só abordar problemas, como também trazer soluções.

14h às 16h – Oficina de Customização de Roupas com Adilson  Battista.

Para estudantes de moda e público geral interessados pelo tema. Aula prática que tem como objetivo trabalhar as diversas formas de transformação de roupas usadas, criando um novo modelo, ou outra função. As inscrições são feitas previamente pelo email educativo.crmoda@hotmail.com. Consulte o valor da oficina.

Adilson  Battista é designer gráfico com foco em estamparia e artista plástico pela Escola Guignard. Trabalhou por 15 anos no desenvolvimento de estampas, coleções e campanhas publicitárias, como designer exclusivo da Vide Bula. Atualmente, atua como freelancer para grandes marcas em todo o Brasil.

Materiais necessários: O aluno deverá trazer camisetas, blusas e calças para customizar, tesoura para tecido, tinta para tecido (2 cores), pincéis variados, esponja de cozinha, fita crepe, tinta esmalte spray (opcional), linhas variadas, agulhas de mão para bordados, cola spray (opcional), cola para tecido, botões, fitas, enfeites em geral, caneta marcador ponta média (2mm) cor preta, stencil.

16h às 17H30 – Palestra “Certificações e Selos Aplicados ao Design Sustentável – Panorama Geral, Aplicações e Caminhos Futuros”, com Ana Sudano, Estilista e Proprietária da Marca Grama Roupas Ecológicas, que envolve em seu processo de criação técnicas sustentáveis e inclusão social.

A marca de roupas sustentáveis GRAMA foi criada pela designer brasileira Ana Sudano no início de 2014. Estilista há 15 anos e com ampla formação, já trabalhou em grandes e reconhecidas empresas brasileiras até lançar sua própria marca, que, no curto período de um ano, ganhou prêmios, participou de eventos, feiras e palestras e conquistou cientes em diversos pontos do Brasil. Ganhou aceitação e visibilidade internacional ao desfilar em março de 2015 no Vancouver Fashion Week, no Canadá, além do convite para participar de um evento em Nova Iorque, onde novas marcas brasileiras foram apresentadas ao mercado norte americano. A marca utiliza tecidos de fibras naturais, como por exemplo o algodão orgânico, sedas e lã e tecidos ecológicos como o algodão desfibrado reciclado, tecidos de garrafas pet com algodão e jeans zero água. Oferece também linhas de produtos com tingimento e estamparia naturais, à base de corantes e pigmentos produzidos através de processos naturais, sustentáveis e artesanais. Dentre as técnicas, bordados, tricôs e acabamentos manuais diferenciados, ou misturas de tecidos, fios e técnicas de estamparia exclusivas.

18h às 19h – Palestra “Use Peças  Vintage  e Crie Looks Atuais”, com os proprietários de brechós Raquel Vieira, do Brechó Brilhantina, Getúlio Amaral, da loja Ideé e Amanda Mendes, do Brechó Dorotea.

19h às 21h – Palestra com Bruna Miranda: Apresentação do Projeto Fashion Revolution Brasil“Moda Transparente: Uma Revolução Necessária”; “Trabalho Exploratório e Degradação Ambiental na Cadeia Produtiva”; “Soluções Sustentáveis na Moda”.

Bruna Miranda é jornalista apaixonada pelo universo Slow. Idealizadora do Review e, anteriormente, do site Exemplar id – Luxo Sustentável, atua nas áreas de comunicação, consultoria e produção com foco em sustentabilidade e cultura slow. É uma das responsáveis no Brasil pelo Fashion Revolution, que incentiva a sustentabilidade e a ética na moda em, atualmente, 76 países.

Fashion Revolution Brasil Review Slow Lifestyle

20h à 0h – Ponto de encontro para Happy Hour do Slow Week, na Reciclo Asmare: Rua da Bahia, 2164, Lourdes.

SEXTA-FEIRA (21/08)

14h às 18h – Workshop com Luciana Duarte (Moda Ética): Estratégias de Sustentabilidade em Design de Moda.
4 horas/aula. Inscrições feitas previamente pelo email: educativo.crmoda@hotmail.com. Consulte o valor da oficina.

Luciana Duarte é brasileira, 28 anos, vive em Belo Horizonte. Responsável pelo Street Store em Belo Horizonte e proprietária da empresa Moda Ética. Mestra em Engenharia de Produção (UFMG) e bacharel em Design de Produto (UEMG), com diversos cursos em Moda. Pesquisa Moda Ética desde 2007. Presta consultoria para empresas, com projetos de Design e Engenharia. Leciona “Planejamento e Projeto do Produto”, “Processo de Desenvolvimento de Produtos”, “Ergonomia, Saúde e Segurança do Trabalho” e “Projeto de Fábrica e Instalações Industriais” na graduação em Engenharia de Produção da Faculdades Kennedy. Peace Coach da ONG tailandesa Peace Revolution. Palestrou sobre “Design, Estratégia e Sustentabilidade” no Junior Enterprise World Conference (maior evento das empresas juniores do mundo) e Escola de Arquitetura da UFMG. Faz pesquisa e desenvolvimento de materiais  como coral à base de pó de osso bovino e desenvolvimento de material com resíduos têxteis no Dept. de Química (UFMG). 

14h às 15h – Feira de Escambo Troca-se Tudo: Objetos e Serviços, na Sala de Multimeios.

15h às 16h – Palestra: Alimentação Saudável, Agrotóxicos, Consumo de Carne, Alimentos Orgânicos, no Auditório. Palestrantes: Silvana Portugal (SVB – Sociedade Vegetariana Brasileira) e Romero Carvalho (Lacto-Vegetarianismo e Veganismo). 

Silvana Portugal é movida pela paixão à vida. Nutricionista funcional, atuando na área desde 2009, acredita que a saúde e bem estar estão diretamente proporcionais à forma como nos nutrimos. Defende e liberdade de escolhas e por isso acredita que o autoconhecimento traz segurança, autoestima e facilita a conquista dos resultados que almejamos. Especialista em Nutrição Clínica Funcional pela VP Consultoria Nutricional e Pós Graduanda em Fitoterapia Funcional. Trabalha com consultoria alimentar para crianças, adolescentes, adultos, idosos e gestantes. Atua ainda como consultora empresarial, palestrante e docente. Seu trabalho é referência e amplamente divulgado em Belo Horizonte.

Romero Carvalho é formado em jornalismo, com pós-graduação em jornalismo cultural. É membro da ISKCON – Sociedade Internacional Para a Consciência de Krishna, maior instituição de origem védica/hindu do mundo, há 15 anos. Atualmente, é co-secretário de comunicação da ISKCON e presidente da entidade em Belo Horizonte. Trabalha como editor e revisor na Sankirtana Books, BBT e Relighare, e apresenta o programa “De Olho nas Cidades” na rádio Autêntica Favela FM.

18h às 19h – Palestra: Projeto Banco dos Saberes – Economia Criativa e Colaborativa, no Auditório. Lili Ito  fala sobre o projeto 4D de Lala Dehenzelin. 

Eliana Paes Ito, conhecida como Lili Ito, Jornalista de formação, trabalhou em TVs, Rádio, Produtoras de Vídeo e Agência de Notícias. Pesquisadora das Economias Colaborativas, do Compartilhamento e Multi-moedas, Empreendedorismo Social, Inovação Social, Economia Criativa e Negócios Sociais. Utiliza as metodologias da Visão 4D – Social, Cultural, Ambiental e Financeira e Dragon Dreamming, aliada à técnica de Gestão de Projetos Sociais PMD Pro (Project Management for Development) para atuar como facilitadora de processos e projetos criativos, sustentáveis e colaborativos em rede. Lili Ito é co-criadora e organizadora do Banco dos Saberes e também do coletivo CoLab 4D – BH, que faz parte de uma rede internacional, os CoLaboratórios 4D. Participa da organização de workshops e oficinas realizadas pelo Banco dos Saberes em parceria com o MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, que integra o Circuito Cultural Praça da Liberdade, em Belo Horizonte.

19h às 20h – Palestra “Os Super Alimentos Veganos: Um Caminho Para a Saúde Sustentável, Longevidade e Evolução Espiritual”, sobre os benefícios da clorofila do trigo, agroecologia e reposição de nutrientes no solo, água, vegetarianismo e alimentos cárneos, etc, com Dr. Rodrigo Mascarenhas (M.Sc).

Mestre em Ciências e Biomecânica pela University of Ottawa, Canadá. Fisioterapeuta pela UFMG. Membro da Sociedade Canadense de Acupuntura e Medicina Biológica. Membro da Ordem dos Fisioterapeutas do Québec, Canadá. Acupuntor pela Toyo Hari Medical Association de Tokyo. Especializado em Medicina Biológica e Ortomolecular, Medicina Chinesa e Oriental, Quiroprática, Aurículo-Medicina, Fitoterapia, Homeopatia, Antroposofia, Ozonioterapia, Apiterapia dentre outras. Dr. Rodrigo é cientista, cidadão brasileiro e canadense e possui extenso trabalho na área de agroecologia voltada para alimentação e saúde. É fundador e diretor científico da CHLOROPHILA ORGANIC NUTRIMENTS, empresa de biotecnologia orgânica e biodinâmica detentora da marca Clorophila do Trigo®. A Chlorophila tem por objetivo gerar saúde de forma sustentável e funcional, trabalhando com os preceitos da medicina biológica, orto-molecular e antroposófica, aliada a agricultura orgânica e biodinâmica, produzindo alimentos funcionais à base de sumos vegetais. Tendo vários PhDs envolvidos em seus projetos, em 2008, a Chlorophila recebeu uma comenda especial do Ministério da Ciência e Tecnologia, possui ainda ISO 65 alemão e certificado orgânico e biodinâmico internacional.

20h às 21h – Palestra “A Consciência Crítica Sustentável”, sobre Sustentabilidade, Permacultura e Bioconstrução, com André Buarque, no Auditório.

André Buarque, 40 anos, é Arquiteto e Urbanista pela PUC-MG (2000). É também formado em Permacultura, Bioconstrução e Ecovilas por diferentes institutos (IPEC, IPEMA e ECOOCA). Possui título de investigador pela Universid de Valladolid, Espanha, no Departamento de “Teoria e Projetos Arquitetônicos”, com a temática “Bioarquitetura na Cidade”. Foi co-autor e professor por 4 anos no curso de extensão “Estudante Sustentável” na Escola de Arquitetura da UFMG, e atualmente é Diretor no Instituto Brasileiro de Geobiologia e Biologia da Construção – IBG. Profissional Certificado pelo “Selo Casa Saudável”, atualmente dirige escritório próprio, atuando em áreas como urbanismo, design de objeto, projetos de edificações e execução de obras.

20h à 0h – Ponto de encontro para Happy Hour do Slow Week. Reciclo Asmare: Rua da Bahia, 2164, Lourdes.

SÁBADO (22/08)

10h às 12h – Oficina: Tear de Pregos com Rogério Silva.
Para estudantes de moda, artes e interessados em geral. O objetivo é propocionar a experiência tácita da criação de tramas têxteis com tear manual.

Materiais: Retalhos, lãs, agulha e tear manual. Duração 4 horas/aula. Inscrições feitas previamente pelo email educativo.crmoda@hotmail.com. Consulte o valor da oficina e o valor do tear de pregos que deverá ser adquirido por todos os alunos matriculados.

Rogério Silva é ator, cenógrafo, aderecista, mascareiro e bonequeiro. Cursa o último período do curso de graduação em Educação Artística na Escola Guignard (UEMG).

11h ás 12h – Palestra: “Moda Sustentável: o Artesão, a Invenção e a Necessidade”, com a Prof. Dra. Cássia Macieira, professora no curso de Graduação Design de Moda, da Fumec e “Os Desafios de Criar Marcas Sustentáveis” com Aldo Clécius,  professor de Pós Graduação em Moda, da UNA.

Cássia Macieira é doutora em Literatura Comparada; Mestre em Artes Visuais e professora há 12 anos no Curso de Design de Moda da FUMEC. Trabalhou a Sustentabilidade na moda como pesquisadora da Funadesp/FUMEC. É autora do artigo “Sobre Moda e Sustentabilidade: Margiela, Poeta, Designer e Artesão”.

Aldo Clecius é proprietário da empresa Fashion House, professor de Graduação e Pós- Graduação em Moda da Una, em Belo Horizonte.

12h às 13h – Palestra: “O Descarte dos Resíduos Têxteis nas Indústrias de Confecção do Vestuário”, com Gabriela Marcondes. Como os procedimentos de gestão social precisam ser considerados nas práticas de descarte dos resíduos têxteis nas indústrias de confecção do vestuário no Bairro Prado, em BH, MG. Qquestionamentos e soluções para que haja uma mudança através da educação ambiental, para promover o desenvolvimento local com inclusão dos catadores de materiais recicláveis.

Gabriela Marcondes Schott possui graduação em Desenho de Moda pela Faculdade Santa Marcelina. Conhece a realidade das indústrias de confecção do vestuário em Belo Horizonte, possui 16 anos de trajetória profissional na área de Moda. Foi proprietária de indústria de confecção, é Estilista, Consultora de Moda, Professora Universitária e Mestranda em Gestão Social, Educação e Desenvolvimento Local no Centro Universitário Una.

10h às 14h – Feira de Produtos Orgânicos (Kairós), na sala de Multimeios.

13h às 14h – Palestra “Das Coisas Nascem Coisas”, no Auditório, com Marcelo Victor Herméto, da Trapiche Vintage, sobre Design de Ambientes e Design de Produtos, com Palets e Outros Materiais Reutilizados.

Marcelo Victor Herméto, 40 anos, é designer industrial pela Universidade do Estado de Minas Gerais (1999). É diretor de criação no escritório Gabarito Design e possui experiência profissional voltada à indústria moveleira, tendo passado os últimos oito anos trabalhando em Ubá (terceiro maior polo moveleiro do Brasil). Atualmente se dedica a dois trabalhos paralelos: um deles é a produção autoral de móveis com design exclusivo e o outro é desenvolvimento de um trabalho criativo denominado Trapiche Vintage.

14h às 22h – Ponto de encontro do Slow Week. Reciclo Asmare, Rua da Bahia, 2164, Lourdes.

DOMINGO (23/08)

10h – Início da Distribuição de Doações do Projeto Street Store aos Moradores de Rua Cadastrados, na Praça Afonso Arinos,  com Voluntariado dos Alunos de Graduação do Curso de Design de Moda da Una e Alunos de Engenharia de Produção da Faculdade Kennedy.

12h às 13h – Palestra “Consumo Consciente e Estilo de Vida Slow”, com Bruna Miranda, do Review Slow Lifestyle, com mediação de  Madalena Rodrigues, Presidente do Sated (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado de Minas Gerais).

Bruna Miranda é jornalista apaixonada pelo universo Slow. Idealizadora do Review – Slow Lifestyle e, anteriormente, do site Exemplar id – Luxo Sustentável, atua nas áreas de comunicação, consultoria e produção com foco em Sustentabilidade e Cultura Slow. É uma das reponsáveis no Brasil pela campanha Fashion Revolution, que incentiva a sustentabilidade e a ética na moda em, atualmente, 76 países.

14h – Encerramento da Distribuição de Doações do Projeto Street Store.

14h às 22h – Festa de Fechamento do Slow Week. Reciclo Asmare, Rua da Bahia, 2164, Lourdes.

Slow Week CRModa Belo Horizonte Review Slow LifestyleSlow Week CRModa Belo Horizonte Review Slow LifestyleSlow Week CRModa Belo Horizonte Review Slow LifestyleSlow Week CRModa Belo Horizonte Review Slow Lifestyle

Compartilhe esta história

Sobre Bruna Miranda

Bruna é empreendedora e jornalista, idealizadora da plataforma Review e da revista impressa Guia Slow Living, e está experimentando uma vida nômade pelo Brasil. É movida pelo que é atemporal ...

Publicações Relacionadas