Fomos conhecer o projeto de upcycling Cooperárvore

Por Bruna Miranda

Publicado em , | Tags : , , , , , , , , , ,

Vai até o dia 07 de dezembro, no Expominas, a 25ª Feira Nacional de Artesanato, a maior da América Latina, com o tema “Festas Populares do Brasil”.

A expectativa é que mais de 200 mil pessoas visitem o evento. Além de ser uma ótima oportunidade para os artesãos realizarem vendas e fazer contatos, eles também podem participar de consultorias voltadas ao empreendedorismo para auxiliar no seu crescimento profissional. Para o público visitante, também existem atrações durante a feira, como oficinas de artesanato com papel reciclado, bordados e tear e outras novidades culturais.

25ª Feira Nacional de Artesanato
Data: 02 a 08 de dezembro
Local: Expominas – Avenida Amazonas 6.030 – Gameleira
Movimentação financeira: R$ 94 milhões em 2012
Ingresso: R$ 10 

Horários de Funcionamento:
Dia 02/12 (terça-feira): de 12h às 22h (aberto somente para lojistas)
Dia 03/12 (quarta-feira): de 14h às 22h
Dia 04/12 (quinta-feira): de 14h às 22h
Dia 05/12 (sexta-feira): de 14h às 22h
Dia 06/12 (sábado): de 10h às 22h
Dia 07/12 (domingo): de 10h às 21h

Mais informações no site do evento.

Cooperárvore

A Feira é uma excelente oportunidade para comprar os presentes de Natal! Produtos exclusivos, manuais, feitos com todo cuidado por quem a gente sabe que pode confiar. Uma das atrações imperdíveis é, sem dúvida, o estande da Cooperárvore, uma iniciativa do programa Árvore da Vida, desenvolvido pela Fiat Automóveis em parceria com as ONGs Fundação AVSI e CDM. No Expominas, eles estão lançando a sua coleção 2015, “Elementos da Natureza”, inspirada nos quatro elementos água, terra, fogo e ar, revelando a conexão entre o homem e a natureza. Conheça mais sobre o projeto e seus acessórios!

IMG_7205

Tive a oportunidade de acompanhar de perto todo o projeto e a nova coleção, que está lindíssima! Em um café da manhã muito agradável, conhecemos de perto as pessoas que o tornam realidade e todas as etapas de produção, além de seu alcance social na comunidade na qual está inserida, em Betim, Minas Gerais. A Cooperárvore também atua com o upcycling que a gente tanto fala, faz e ama! Eles reaproveitam e transformam materiais da indústria automotiva – os resíduos doados pela Fiat e parceiros, que seriam descartados – em acessórios e objetos de decoração e coisinhas para casa. São bolsas de vários modelos, chaveiros, nécessaires, malas de mão e outros.

IMG_7202IMG_7203

A cooperativa social foi criada em 2006 e conta com 17 cooperados na concepção e produção dos acessórios. Todos com uma estética linda e muito bem feitos e acabados, resistentes e com um preço muito honesto. Além de que o programa gera trabalho e renda na região do Jardim Teresópolis, em Betim, onde está instalado.

A presidente da Cooperárvore, Claudinéia Alvarenga, conta que o projeto mudou não só a comunidade, mas, principalmente, a vida das cooperadas. “Com a inauguração da Árvore da Vida”, um novo mundo se abriu dentro da nossa comunidade. Isso se estendeu para as mulheres da Cooperárvore, que conseguiram um emprego próximo de casa, o que possibilitou iniciar a vida profissional, e, ao mesmo tempo, colaborar com a vida doméstica. Todos ganharam!”, destaca, animada.

Com a presidente da Cooperárvore, Claudinéia Alvarenga, e a Renata Arrudas

Com a presidente da Cooperárvore, Claudinéia Alvarenga, e a Renata Arruda

Desde 2006, mais de 17 toneladas de materiais já foram reutilizados pela organização e mais de 220 mil peças foram vendidas, inclusive em outros estados e países, em feiras e exposições diversas, como a Meeting per l’amicizia fra i popoli, na Itália, por exemplo.

E agora uma conquista super importante: nesse ano, o Árvore da Vida conquistou como parceiro a União Europeia, que reconheceu a importância e o potencial da Cooperárvore ao apoiar o projeto “Cooperárvore e as Mulheres do Jardim Teresópolis – Promoção da Paz e o Protagonismo Feminino”. Eles pretendem aumentar em 30% o faturamento da cooperativa e dobrar o número de cooperadas, ao fim de 30 meses, com novos equipamentos e cursos de capacitação, além de acordos comerciais com 10 novas empresas clientes para absorver o aumento de produção. A segunda vertente do projeto é voltada para o fortalecimento das mulheres como cidadãs e líderes de família, com ações como atendimento psicosocial de 300 mulheres do Jardim Teresópolis.

O Review é fã do projeto como um todo! Confira as fotos da nossa visita e dos produtos da nova coleção e não deixe de visitar a feira para garantir seus acessórios! Eles também vendem online aqui ou pelo telefone (31) 3591-5896.

Compartilhe esta história

Sobre Bruna Miranda

Bruna é empreendedora e jornalista, idealizadora da plataforma Review e da revista impressa Guia Slow Living, e está experimentando uma vida nômade pelo Brasil. É movida pelo que é atemporal ...

Publicações Relacionadas