Um guarda roupa minimalista com o Projeto 333

Por Bruna e Ismael

Publicado em | Tags : , , ,

Você já deve ter se deparado com algum “desafio de moda” pela internet. Um ano sem comprar, por exemplo. E um desafio de moda minimalista, já ouviu falar?

A americana Courtney Carver é uma escritora e fotógrafa americana de 44 anos. Casada e mãe de uma filha adolescente, em 2006 decidiu fazer grandes mudanças em sua vida em busca de mais propósito e sentido. Foi daí que começou o seu interesse pelo minimalismo. A principal motivação para essa transformação veio de um grande impacto que sofreu ao ser diagnosticada com esclerose múltipla. Hoje, se define como uma minimalista aspirante, embora já tenha se tornado uma referência no assunto.

projeto 333 minimalize seu closet exemplar id review courtney carver

Foto Divulgação

Além de livros publicados sobre o tema, ela tem o blog Be More With Less (Seja Mais Com Menos) onde relata suas experiências pessoais com o minimalismo e, como o nome já diz, dá dicas de como podemos simplificar geral em busca de mais qualidade de vida. “Lá, os leitores podem se inspirar para viver com mais economia e menos (ou nenhuma) dívida, mais saúde e menos estresse, mais tempo e menos coisas materiais, mais alegria e menos obrigação”, explica.

Em 2010, ela resolveu criar o seu próprio desafio de moda com o Project 333 – Simple is the New Black (Projeto 333 – Simples é o Novo Preto). A ideia principal era vestir-se com 33 peças de roupas, por um período de 3 meses, e contar sobre a experiência no blog. Mostrar que é possível escolher bem as nossas peças, as que melhor coordenam entre si, e estar sempre bem vestida para qualquer ocasião. Claro, dentro do estilo pessoal de cada um.

O que ela não fazia ideia é que milhares de leitores também incorporariam esse desafio minimalista! Agora, já adepta do “slow fashion lifestyle” há quatro anos, ela também viaja com poucos itens na mala e acredita que o projeto tenha mudado não só sua bagagem, mas também sua visão de mundo.

Pra quem tiver interesse em aderir ao Projeto 333, ela criou um guia mostrando como começar, com dicas e regras que buscam facilitar todo o processo.

Os princípios básicos

Quando: A cada três meses. Nunca é tarde demais para começar, você pode aderir a qualquer momento.

O que: 33 peças, incluindo roupas, acessórios, jóias, vestuário e calçados.

O que não: esses itens não são contados como parte dos 33 – anel de casamento ou outra jóia sentimental que você nunca tira, lingeries, pijamas, roupa para ficar em em casa e de ginástica.

Como: ao escolher suas peças, guarde o resto de suas roupas, deixe tudo fora de vista e de alcance.

O que mais: considere que você está criando um guarda roupa em que você pode viver, trabalhar e se divertir/sair, por três meses. Lembre-se que este não é um projeto de sofrimento, se suas roupas não servem mais por algum motivo, ou estão em mau estado, substitua-as, sem complicações.

Dicas Bônus

– Use a primeira semana para se ajeitar e adaptar sua seleção de roupas. Também aproveite para doar algumas pecas, caso perceba que existem coisas fora de uso.

– Escolha três peças adicionais e deixe-as separadas em seu armário, para substituir por outras da sua seleção 33.

– Você pode trocar roupas com outras pessoas que participam do Projeto 333. É só postar os itens na página do facebook e se conectar com quem também escolheu participar e viver com menos roupas.

Acima de tudo:

Ainda mais importante do que escolher as roupas, é ser honesto e incluir apenas as que estão em bom estado e que podem ser coordenadas entre si. A Courtney gosta de frisar que esse não é um projeto para envolver frustração e nem sacrifício, ela só espera que o Projeto 333 traga alegria e leveza e uma maior consciência sobre a quantidade de roupas que a gente realmente precisa para viver bem.

Compartilhe esta história

Sobre Bruna e Ismael

Na estrada para inspirar e compartilhar mais equilíbrio e escolhas conscientes, desaceleradas e significativas. De vida, consumo, trabalho e viagens. Seus benefícios e transformações pro mundo, pra nós mesmos e ...

Publicações Relacionadas