Arquivo | janeiro, 2018

Pratique o Slow Travel em uma cidade grande

Slow Living Na Prática, em janeiro com o tema Viajar! ⠀ Falamos em nosso instagram nesse mês sobre coisas valiosas que podem deixar a sua viagem mais leve, agradável, consciente e significativa. Agora, e especificamente em uma cidade grande? Seguem dicas especiais pra quem está ou ainda vai descansar e se divertir em uma metrópole, […]

Quatro dicas essenciais para enfraquecer o hábito de reclamar

* Por Alan Corrêa Conta-se a história de um aprendiz de monge que, quando entrou para o mosteiro, recebeu como uma das regras o silêncio absoluto por três anos seguidos. Após esse tempo, ele poderia falar duas palavras com seu mestre e depois esperar longos três anos novamente para ter a oportunidade de dizer algo […]

O Slow Travel como opção

Texto da coluna Viajar no Guia Slow Living Dois, que você encontra aqui. Por Diorela Bruschi, advogada, redatora e professora, vive entre o Brasil e a França e seus contrastes culturais. Autora dos blogs Direito é Legal e Saída à Francesa, aprecia a vida em comunidade e o poder da colaboração. – O conceito é […]

5 coisas que a gente não precisa mais

Enquanto a gente finaliza a pauta sobre o que levamos com a gente pelas estradas, pensamos também no outro lado: o que a gente não tem mais e não sente falta. E de repente pode sintonizar com vocês, e com isso vem a possibilidade de direcionar mais dinheiro, energia e tempo pro que realmente importa […]

Uma moeda própria chamada Gostoso

Saindo de Pipa, fomos direto para São Miguel do Gostoso, cidadezinha a 130 km de Natal que algumas pessoas nos indicaram a conhecer. E que bela indicação! Já tinham nos contado sobre a beleza de suas praias, a potência do seu vento (lá é conhecido como “esquina do Brasil”), o charme de suas ruazinhas e […]

Manifesto Slow Nômades

Viva o tempo, semeador de novos ciclos e novas caminhadas em busca de nós mesmos, do que nos preenche por dentro e nos move por fora. Há 6 anos começava a brotar a inspiração para o Slow Living, quando não sabia o que queria fazer, mas sabia que seria algo que me levasse a REVER […]