Uma reflexão e uma despensa básica

Por Bruna Miranda

Publicado em , | Tags : , , , , ,

Em nosso novo texto na Cris Guerra, a alimentação em um momento de reflexão e uma despensa significativa como o primeiro passo para preenchermos nossas vidas de tempo e oportunidades. Para o meu e o seu bem estar e os nossos amigos como convidados especiais!

Muitos de nós, quando estamos em casa entre um trabalho e outro, ficamos ali, pertinho ou dentro da cozinha. Da minha casa, este é o coração. Hoje, um dia do feriado de Carnaval, não foi diferente. Passei o dia com amigos dentro dela. Fizemos uma massa desde a farinha, o molho e a escolha dos temperos frescos. Ficamos ali, em volta da mesa, entre uma pitada e outra, entoados com música e um bom papo. Eles foram-se à noite e nos deixaram aqui com uma sensação leve de um dia saboroso. Que dia cheio de significados! Resolvi ir atrás deles.

Encontrei como primeira definição da palavra Alimentar, no dicionário:

“… Dar alimento a, nutrir (-se), sustentar (-se)…” .

Notei uma palavra que, em suas definições, se refere a uma ação dedicada a você ou a alguém. E é neste contexto que, entre as variadas resoluções que cada um de nós tem em sua lista para o novo ano, o Alimentar (-se) encontra-se entre as mais pedidas. Ora acompanhada de outras palavras como “…melhor”, ora entre desejos de “ter mais tempo para…” ou dedicada a amigos e amores. Uma palavra ligada à tempo, momento e sentimento. Cumplicidade e compartilhamento. Saúde e bem estar. Uma resolução que não pode se perder durante o ano, tão boa que é. Ela atende a todas essas demandas mas é exigente, precisa de um pré-preparo.

Talvez esta, a sua preparação, seja um desafio para muitos de nós. Todos temos a chance de nos anteciparmos com bons ingredientes à mão. E sabermos o que precisamos ter em uma “Despensa Slow” é o primeiro passo para enchermos nossas vidas de tempo e oportunidades. Vamos por aqui, então, montar uma despensa básica juntos? Aproveite a nossa sugestão de lista de mantimentos que você deve ter em casa, busque uma receita que você goste ou precisa ou crie uma junto às pessoas com quem desejar.

Dos secos:

– Sal marinho;

– Sal grosso;

– Açúcar mascavo;

– Stevia (adoçante);

– Tâmara (adoçante natural);

– Ágave;

– Azeite extra virgem;

– Óleo de coco;

– Vinagre de Maçã;

– Fermento Lácteo;

– Shoyu – de fermentação natural, você encontra nos supermercados. Os 
que conhecemos possuem, geralmente, corante de cor caramelo para que 
fiquem na cor da soja fermentada naturalmente. Olho no rótulo!

– Pimenta do reino em grãos – preta e branca;

– Canela;

– Páprica picante;

– Chilli;

– Grãos de mostarda;

– Gergelim – preto e branco;

– Sementes de papoula – dão crocância à massa de cakes salgados;

– Oleaginosas – de snacks a leites sem lactose;

– Farinha de trigo branca e integral;

– Fermento;

– Fubá;

– Tapioca;

– Cacau;

– Ovos;

– Leites.

Da horta:

– Ervas – Tomilho, manjericão, salsinha, cebolinha e orégano fresco – Sugiro o vasinho plantado porque, para usarmos um molho inteiro, a receita deverá ser grande. Um vasinho pequenino na janela terá o suficiente para o seu dia a dia;

– Cebola roxa;

– Cebola bolinha dourada;

– Cabeça de alho;

– Tomates italianos;

– Tomatinho grape – para saladas e assados. Divinos!

– Pimentão – escolha a sua cor predileta para o prato. Gosto do amarelo e 
do vermelho e alterno a compra. Não são baratos mas sempre tenho em 
casa, uma unidade rende muito;

– Abóbora moranga;

– Abobrinha;

– Batatinhas;

– Ervilhas tortas;

– Sabugo de milho;

– Couve flor;

– Alface;

– Rúcula;

– Gengibre;

– Limão Haiti;

– Limão Siciliano – você não usará sempre, um ou dois são suficientes;

– Laranja;

– Banana prata;

– Abacate;

– Coco;

– Um fruta de sua preferência. Adoro ter manga ou abacaxi, sempre 
complementam um ou outro preparo.

Dos frios:

– Queijo branco, com ou sem lactose, que atenda a sua saúde;

– Ricota fresca;

– Manteiga;

– Fermento fresco.

Desta lista saem diversos pré-preparos rápidos que mantém sua despensa atualizada. Muitos!! Mostarda, ketchup, maionese com e sem lactose e leite condensado artesanais, massa caseira, pães, pizzas, manteiga sem gordura (ghee), iogurte natural, ricota de castanha, molho de tomate para ser congelado, sal de ervas, pasta de alho, geleia de frutas, molho para saladas e massas, coquinho de ervas (um snack delicioso!), granola doce e salgada, tomate seco, caldos de legumes, pestos, entres outros, além de bolo de cacau sem glúten e lactose, tabuleiro de legumes assados, tapiocas recheadas…. Tudo pronto para ser estocado em potes herméticos e/ou congelados, e estar à disposição. 
Uma despensa bem básica, slow e versátil. Pronta para atender receitas ou complementá-las. A ideia é que façamos a nossa, sabendo de onde vem a base da nossa alimentação. E é tão bom! O meu e o seu bem estar. Ele está em nossas mãos e os nossos amigos são os convidados especiais para conhecê-la!

Compartilhe esta história

Sobre Bruna Miranda

Bruna é empreendedora e jornalista, idealizadora da plataforma Review e da revista impressa Guia Slow Living, e está experimentando uma vida nômade pelo Brasil. É movida pelo que é atemporal ...

Publicações Relacionadas