O Guia Slow Living e uma de suas gráficas oficiais: Eko FootPrint, a única sustentável das Américas

Por Bruna Miranda

Publicado em , | Tags : , , , ,

Quando começamos a desenvolver o projeto do Guia Slow Living, a primeira coisa que nos veio em mente foi onde e como iríamos conseguir uma impressão ecofriendly que não se limitasse ao papel reciclado. Com pesquisas na internet, descobrimos a Eko FootPrint, e, para nossa supresa, era logo ali na Savassi (frase bem belorizontina, rs).

Marcamos uma conversa com o Jorge Philipe, diretor da empresa, e ficamos impressionadas em saber que já tão perto é possível trabalhar com material impresso de uma maneira muito mais cuidadosa, já que eles dispõem das tecnologias mais inovadoras para um trabalho de acabamento perfeito e com o máximo de recursos sustentáveis.

A Eko Foot Print já se tornou, desde então, nossa primeira parceira do Guia/Revista Slow! E estamos felizes em apresentá-los para todos que buscam melhores escolhas, já que todo o ciclo produtivo da gráfica é pensado para diminuir o impacto de suas atividades. “Oferecemos papéis certificados e feitos com bagaço de cana pelo mesmo preço do comum para favorecer o upcycling, que é a utilização de rejeitos para fabricação de novos produtos, às vezes mais nobres do que o original”, explica Jorge.

Foto do nosso instagram @reviewslowliving

Foto do nosso instagram @reviewslowliving

Sobre as impressoras, todas elas vêm com a tecnologia Solid Ink – popularmente conhecida como impressão com cera, fabricada pela Xerox – que gera 94% menos impacto ambiental do que a impressão a laser e ainda sem desperdícios, com uma qualidade de impressão muito superior, com cores mais vivas e brilhantes. Mais um exemplo da importância ecológica desse tipo de impressão: enquanto uma impressora a laser gera 200 quilos de rejeitos de suprimentos para produzir 330 mil páginas, a de cera sólida gera pouco, apenas 10,5 quilos. E, ao invés de descartar metais e plásticos à base de polímeros da embalagem de um cartucho (que tem vida útil curta), o único resíduo gerado é uma caixa de papel onde estão os bastões de cera. E mais: os impressos com cera podem ser reciclados e novamente usados em outras impressões. Os a laser só podem ser reaproveitados como papelão ou papéis mais grosseiros, por conta da tinta fundida em suas fibras. Durante quatro anos, uma impressora de toner gera 111 kg de resíduos. A impressora de cera sólida produz apenas 8 kg de lixo nesse mesmo período. Impressionante!

impressão cera sustentável eko footprint belo horizonte guia slow review

Desde os fornecedores, como o fabricante do papel, passando pelo serviço de entrega, feito por motos a etanol ou bicicletas, até a escolha dos funcionários, tudo faz parte, segundo Jorge, de “um processo para viabilizar a sustentabilidade”. E não é à toa que eles foram escolhidos como a empresa com as melhores práticas de sustentabilidade do país, durante a 11ª edição do Programa Benchmarking Brasil; receberam o Prêmio Sebrae de Práticas Sustentáveis, em 2011; e produziram todo o material que foi utilizado no Fórum da ONU – ICLEI 2012, mais de 120 mil impressões, em 5 línguas, que foram levadas por líderes de diversas nações para a Rio + 20 – onde também foram convidados a demonstrar  a tecnologia de cera.

Logo vocês vão poder conhecer mais, inclusive na prática, com o nosso Guia Slow, sobre o trabalho dessa gráfica ecológica. Enquanto isso, deixamos a dica para vocês escolherem trabalhar com eles para impressões diversas, confira aqui no site todo o leque de serviços. Dá gosto incentivar e escolher essas iniciativas que buscam as melhores práticas em benefício de todos!

Gráfica Sustentável Eko FootPrint
Endereço: Avenida do Contorno | Número 6.777 | Loja 1 | Savassi | Belo Horizonte | MG
Telefones: (31) 2512-6777 | 2511-8300
Email: eko@ekofootprint.com

Compartilhe esta história

Sobre Bruna Miranda

Desde que meu armário coube na mala busco a leveza abundante dos essenciais, dos atemporais, da soma de resgates e inovações.

Publicações Relacionadas

12 Thoughts to O Guia Slow Living e uma de suas gráficas oficiais: Eko FootPrint, a única sustentável das Américas

  1. Marvin Rodrigues Responder 7 de julho de 2015 at 17:08

    Adorei a iniciativa. Espero que o Guia Slow venha pro RJ!

    Parabéns!

    #
    • Bruna Miranda Responder 7 de julho de 2015 at 17:53

      Muito obrigada, Marvin! Com certeza queremos levar o Guia também para o Rio!

      #

Trackbacks/Pingbacks

  1. Calendário Review | Maio 2016 | Review Slow Living - 25 de janeiro de 2018

    […] (Sugestões: papel couchê fosco em gramatura 170g e, se possível, dê preferência à gráficas ecofriendly). Ou ainda, para usar no desktop e estar durante todo o mês a seu […]

  2. Calendário Review | Abril 2016 | Review Slow Living - 25 de janeiro de 2018

    […] (Sugestões: papel couchê fosco em gramatura 170g e, se possível, dê preferência à gráficas ecofriendly). Ou ainda, para usar no desktop e estar durante todo o mês a seu […]

  3. Calendário Review | Junho 2016 | Review Slow Living - 7 de março de 2017

    […]  e salve em seu desktop ou celular ou ainda imprima – se possível, dê preferência à gráficas ecofriendly – e coloque na porta da geladeira, que tal? O importante é o lembrete extra na hora de fazer […]

  4. Calendário Review | Maio 2016 | Review - 2 de maio de 2016

    […] (Sugestões: papel couchê fosco em gramatura 170g e, se possível, dê preferência à gráficas ecofriendly). Ou ainda, para usar no desktop e estar durante todo o mês a seu […]

  5. Calendário Review | Abril 2016 | Review - 1 de abril de 2016

    […] (Sugestões: papel couchê fosco em gramatura 170g e, se possível, dê preferência à gráficas ecofriendly). Ou ainda, para usar no desktop e estar durante todo o mês a seu […]

  6. Calendário Review | Março 2016 - Review - 28 de fevereiro de 2016

    […] (Sugestões: papel couchê fosco em gramatura 170g e, se possível, dê preferência à gráficas ecofriendly). Ou ainda, para usar no desktop e estar durante todo o mês a seu […]

  7. Calendário Review | Fevereiro 2016 | Review | Slow Living - 25 de janeiro de 2016

    […] (Sugestões: papel couchê fosco em gramatura 170g e, se possível, dê preferência à gráficas ecofriendly). Ou ainda, para usar em seu desktop e estar sempre a seu […]

  8. Calendário Review | Para um 2016 caloroso e motivador! | Review | Slow Living - 1 de janeiro de 2016

    […] (Sugestões: papel couchê fosco em gramatura 170g e, se possível, dê preferência à gráficas ecofriendly). Ou ainda, para usar em seu […]

  9. Lançamento 1˚ Edição Guia Slow Lifestyle | - 3 de novembro de 2015

    […] levar esse projeto adiante, foram escolhidas duas gráficas sustentáveis, uma rápida, a Eko Foot Print, e outra para maiores volumes, a Halt. A primeira edição tem como foco BH, a fim de incentivar o […]

  10. Saiba Mais Sobre o Primeiro Guia Slow Lifestyle | Review | Slow Lifestyle - 24 de setembro de 2015

    […] levar esse projeto adiante, escolhemos duas gráficas sustentáveis, uma rápida, a Eko Foot Print, e outra para maiores volumes, a Halt. Para resgatar, também, a delícia que é ler no papel, […]

Deixe uma resposta

Comentário