Agenda | Fórum de inovação para o comércio de brechós

Por Bruna Miranda

Publicado em , | Tags : , , , ,

UPDATE

Organizado pelo SEBRAE, acontece em Porto Alegre, Campo Grande e Goiânia, o Fórum de Inovação para Comércio de Brechós.

BRECHOS VINTAGE SECOND HAND RECICLAR MODA ROUPAS

Fórum de Brechós

O primeiro evento será na capital gaúcha amanhã, 28 de maio. Estarão em pauta: “Como criar uma experiência de compra agradável em seu brechó físico e online”, com a presença de Regina Machado, Alexandre Fischer e Franz Ambrósio, e “O associativismo como um dos pilares da inovação para o aumento da competitividade”, com Mauro Zamperetti, Kim Coubert e Chiara Gadaleta.

As outras capitais recebem o Fórum nos dias 23 de julho e 10 de setembro, respectivamente; os palestrantes ainda não foram divulgados.

O evento é gratuito, mas as vagas são limitadas.

Mais informações: 0800 570 0800 ou foruminovacaobrecho.com.br

Fórum de debates mercado de Brechós

Fórum de Brechós do SEBRAE

Brechós chiques, vintage, modernos ou baratos. O consumo sustentável está ganhando força e o aumento da quantidade de lojas revela que o mercado de brechós vem se destacando nos últimos anos. O número de pequenos negócios que vendem artigos usados com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões cresceu 210% nos últimos cinco anos no Brasil, de 3.691 para 11.469, entre 2007 a 2012.

Os brechós ganham destaque pela mudança cultural dos brasileiros que, aos poucos, estão abandonando o preconceito de comprar roupas usadas.

Por representar um mercado de baixo risco e concorrência, público bem diversificado e investimento inicial relativamente baixo, os brechós surgem como uma oportunidade de negócio para empreendedores que desejam abrir uma empresa. Enquanto existem cerca de 800 mil pequenos negócios de vestuário e acessórios no Brasil, existem menos de 12 mil empresas no comércio de usados.

Para valorizar ainda mais esse crescimento nas cidades brasileiras, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), tem realizado o Fórum de Debates sobre o Mercado de Brechós. O evento, gratuito, reúne empresários e especialistas que apresentam suas propostas e conversam sobre os desafios e as oportunidades do setor. Recentemente, o SEBRAE apurou cerca de 500 brechós nas quatro capitais do Fórum – São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Brasília.

Dentre os palestrantes, nomes como Lígia Krás, uma das mais conhecidas estudiosas e disseminadoras do comportamento de consumo vintage e Brechós no Brasil, desde 1999; Regina Machado, consultora do SEBRAE, Doutora em Comunicação e Cultura, consultora criativa para empresas e pesquisadora de tendências de comportamento de consumo e moda; Chiara Gadaleta, consultora do SEBRAE, especialista em sustentabilidade na moda, idealizadora do SP.ECOERA e colunista da Revista Estilo, da editora Abril; Renata Karlburger, empresária e proprietária do brechó de luxo RK DELUXE; Raquel Fernandes, empresária e proprietária do Brechó Brilhantina; Marina Lemos, empresária e proprietária do Brechó Infantil Petit Luxe; Amanda Mendes, empresária e proprietária do Dorotea Brechó, dentre outros.

vintage

Moda de Brechó

Em Belo Horizonte, o Fórum aconteceu no último dia 24. Carol Meyer, do blog Dicas da Carol, participou do evento e conta sua visão sobre esse mercado.

“Participei na última semana de um evento absolutamente interessante: O Fórum de Brechós realizado pelo SEBRAE – MG. Desde sempre frequento brechós, seja para comprar, utilizar peças em shows ou simplesmente dar uma viajada nos estilos de épocas passadas.

E fiquei impressionada com o crescimento e profissionalismo que os brechós conquistaram com o passar do tempo. E com o status que eles alcançaram. Afinal, em tempos de moda sustentável, os brechós saem na frente como a melhor das opções.

Na contramão do consumo desenfreado, o brechó é um lugar onde podemos vender, trocar, adquirir peças diferenciadas sem agredir em nada o meio ambiente. Verdadeiro “cult”, ele traz opções de peças vintage – que estão super na moda – e promove a compra consciente.

Afinal, quem tem espaço para mais roupa? Quantas roupas ainda precisamos ter? Com a máxima: Se você não usa, não te pertence, o brechó é um refúgio para aquilo que já não nos serve ou simplesmente não gostamos, e ainda nos dá a opção de novos looks totalmente personalizados. Sem preconceito, a moda de brechó veio – mais uma vez – para ficar.”

Os próximos Fóruns acontecerão no Rio de Janeiro (28/08) e Brasília (18/09).

Compartilhe esta história

Sobre Bruna Miranda

Bruna é empreendedora e jornalista, idealizadora da plataforma Review e da revista impressa Guia Slow Living, e está experimentando uma vida nômade pelo Brasil. É movida pelo que é atemporal ...

Publicações Relacionadas