Uma aventura culinária itinerante

Por Bruna Miranda

Publicado em , | Tags : , , , , , , , ,

Com o propósito de reconectar as pessoas à terra e às origens de seus alimentos e homenagear os agricultores locais, o projeto americano Outstanding in the Field é uma aventura culinária itinerante. Um restaurante sem paredes.

Eles levam sua marca registrada, uma longa mesa, para fazendas, jardins, vinhedos, montanhas e até cavernas próximas ao mar, ou ilhas. De vez em quando, a mesa é posta em um lugar fechado, mais, ainda assim, de um modo criativo e inusitado: em um celeiro remodelado, uma estufa ou um museu… Onde quer que a mesa esteja, o tema de cada almoço ou jantar continua o mesmo: honrar as pessoas cujo bom trabalho no campo leva o alimento para a mesa.

OUTSTANDING IN THE FIELD Review Slow Lifestyle

Os ingredientes para a refeição são quase todos locais, às vezes vindo de poucos centímetros da mesa. Geralmente é preparado por um conhecido chef da região com todos compartilhando o jantar, dos agricultores e produtores aos “artesãos culinários” e etc.

Tudo começou em 1998, com uma série de jantares de agricultores em Santa Cruz, Califórnia. O chef e fundador do projeto, Jim Denevan, convidou os fornecedores regulares do restaurante para um jantar em que o cardápio da noite teve pratos com ingredientes vindos direto de suas fazendas. Todos estavam presentes, da pessoa que cuidou da horta até quem colheu, transportou e tudo o mais. Quando o primeiro convidado se levantou e disse algo como “esse veio da minha fazenda”, ficou claro que as pessoas queriam ouvir e apreciar os produtores.

OUTSTANDING IN THE FIELD Review Slow Lifestyle

Com a ideia em mente de encontrar um espaço ainda melhor para celebrar o agricultor – nada melhor do que na própria fazenda, certo? – a tradição continua até hoje, com um tour pelas terras seguido da refeição em uma mesa posta entre as plantações de flores, frutas, verduras e legumes. São servidos pratos saudáveis e ingredientes naturais de diversas cores e estilos. Hoje, contam com pessoas de vários lugares do mundo e já fizeram mais de noventa eventos por ano; cruzaram a América do Norte em um ônibus vermelho e branco por várias vezes, além de chegar a diversos pontos da Europa e até a lugares como o Alaska, servindo mais de dez mil pessoas.

OUTSTANDING IN THE FIELD Review Slow Lifestyle

O evento já teve edições muito bem comentadas também no Brasil, seguindo a proposta de ser uma aventura culinária que mescla simplicidade e ousadia, que evidencia a produção e quem cultiva os alimentos no campo e que estimula os amantes da gastronomia a colocar o pé na estrada. As edições aconteceram nos estados do Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande de Sul e São Paulo. Para citar alguns, um deles foi no Vale dos Vinhedos com o chef Carlos Kristensen, do Hashi Art Cuisine, em meio aos parreirais da Vinícola Miolo, em Bento Gonçalves. Outro deles aconteceu na orgânica Fazenda da Toca, em Itirapina, e teve Pedro Paulo Diniz, seu proprietário, como anfitrião e Helena Rizzo, do Restaurante Mani, como chef.

OUTSTANDING IN THE FIELD Review Slow Lifestyle

O projeto faz parte de diversos grupos e organizações que promovem e apoiam a preservação do meio ambiente e das áreas rurais e também todo tipo de suporte aos trabalhadores, incluindo o movimento Slow Food e o USDA Know your farmer, que conecta os consumidores com os produtores locais além de debater sobre a importância de nos informarmos sobre de onde vem a comida e como ela chega aos nossos pratos.

 

Confira o vídeo de um jantar do Outstanding in the Field que aconteceu no Sweet Valley Organics, Idaho, EUA.

Compartilhe esta história

Sobre Bruna Miranda

Desde que meu armário coube na mala busco a leveza abundante dos essenciais, dos atemporais, da soma de resgates e inovações.

Publicações Relacionadas

Sem comentários ainda.

Deixe uma resposta

Comentário